Exu-piá, uma outra visão de Macunaíma

Autores

  • Elizabeth Maria Mendonça Real

DOI:

https://doi.org/10.22475/rebeca.v1n1.17

Palavras-chave:

cinema brasileiro, Macunaíma, Exu-Piá, coração de Macunaíma

Resumo

Em Exu-Piá, coração de Macunaíma – adaptação de Macunaíma, o herói sem nenhum caráter, de Mário de Andrade – o diretor Paulo Veríssimo dialoga com momentos cruciais da cultura brasileira: o Modernismo e a Tropicalismo. No retorno ao movimento modernista brasileiro, vemos como a busca da noção de brasilidade, a partir de um processo antropofágico, é retomada nos anos tropicalistas e adaptada, nos anos 1980, por Paulo Veríssimo, numa versão apropriada aos novos tempos.

Downloads

Publicado

2016-07-25

Edição

Seção

Temáticas livres