Cinemas em português: estratégias para entrar e sair da lusofonia Michelle Sales

Michelle Cunha Sales

Resumo


Este texto marcou o surgimento do seminário temático “Cinemas em português: aproximações –relações”, no âmbito da SOCINE, Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual, que teve início no ano de 2011. O seminário temático em seu primeiro biênio foi coordenado pelos professores Mauro Rovai, Carolin Overhoff Ferreira e por mim. Este ensaio reflete sobre o conceito de lusofonia e discute estratégias culturais de permanência e resistência entre os países ex-colonizados.


Palavras-chave


cinemas em português, lusofonia, políticas culturais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v6n2.469

Direitos autorais 2018 Michelle Cunha Sales

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia