Afinal, o que é “cine imperfecto”? Uma análise das ideias de García Espinosa

Fabián Núñez

Resumo


O presente trabalho busca esmiuçar as ideias do cineasta e ensaísta cubano Julio Gar- cía Espinosa. Desse modo, propomos ler a sua obra teórica para além de seu célebre manifesto “Por un cine imperfecto”. Cremos que uma análise de seus textos imediata- mente posteriores ao manifesto – pouco estudados – nos auxilia em uma maior com- preensão de suas ideias, inclusive do seu famoso conceito “cine imperfecto”. Assim, nos propomos a esclarecer esse termo, fugindo da leitura tradicional do artigo “Por un cine imperfecto”, que o isola dos textos posteriores do autor.

Palavras-chave


cinema latino-americano; cinema cubano; teorias de libertação nacional; estética

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v1n1.269

Direitos autorais 2016 Rebeca - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual



REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia