Visões do excesso: o informe como afirmação do desconhecido no filme O enigma de outro mundo, de John Carpenter

Alexandre Rodrigues da Costa

Resumo


Este artigo analisa o filme O enigma de outro mundo(ENIGMA, 1982), de John Carpenter, com o propósito de perceber de que maneira o informe se insere nessa obra ao desarticular as estruturas de conhecimento e ao oferecer os corpos em uma perspectiva obscena. O informe possibilita entender como, no filme de John Carpenter, ocorrem não apenas processos de transformação que rompem com a distinção entre original e cópia, mas proliferações de corpos e identidades que se conjugam em labirintos, em excessos sem saída. 


Palavras-chave


informe; obsceno; labirinto; heterogeneidade; desconhecido

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v6n2.402

Direitos autorais 2018 Rebeca - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia