O cinema de resistência surrealista de Jan Švankmajer: Um estudo de caso em Jabberwocky

Carolina Morgado Leão, Ana Beatriz de Araujo Linardi

Resumo


A obra de Jan Švankmajer é de grande representatividade para o movimento surrealista na Tchecoslováquia. Sua parceria com o compositor Zdeněk Liška foi fundamental para a composição e expressividade almejada para suas animações stop-motion. Será discutido primeiramente de forma separada, o compêndio de símbolos utilizados para a elaboração da animação. Posteriormente, analisaremos a obra composta em 1971 - Žvahlav aneb šatičky slaměného Huberta (Jabberwocky) para compreendermos quais elementos são utilizados na imagem animada e som que resultam em uma animação de grande representatividade para o surrealismo.

Palavras-chave


Movimento surrealista; Jan Švankmajer e Zdeněk Liška; Trilha Sonora.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v7n1.433

Direitos autorais 2019 Carolina Morgado Leão, Ana Beatriz de Araujo Linardi

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia