Mário Peixoto, Octavio de Faria e a invenção de Limite (1931)

DENILSON LOPES

Resumo


Estas são cartas inéditas, em grande parte, de Octavio de Faria para Mário Peixoto escritas do fim dos anos 20 até 1933 pelas quais Octavio realiza uma campanha publicitária em favor de Limite (1931). Pelas cartas nós podemos ver não só uma longa amizade que dura até a morte de Octavio de Faria, as ansiedades de jovens artistas e ao mesmo tempo ajuda a desmitificar o suposto isolamento de Mário Peixoto e como foi a primeira apresentação de Limite em 17 de maio de 1931.


Palavras-chave


Mário Peixoto; Octavio de Faria; Cartas; Limite

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v9n2.656

Direitos autorais 2021 DENILSON LOPES

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia