The myth of the monster

Fernando Simão Vugman

Resumo


Neste ensaio é apresentado o que chamo de Mito do Monstro, aqui descrito e analisado como um mito que se origina da necessidade do indivíduo e das coletividades humanas de determinarem referências para se definirem como seres humanos, seja num plano espiritual, seja como seres corpóreos, materiais. A relação entre mitos e a noção de metáfora é discutida, enquanto monstros da literatura ocidental, como Caliban, Drácula, o monstro de Frankenstein, Dr. Jekyll e Mr. Hyde, entre outros, são analisados como metáforas do Mito do Monstro, sendo discutida a função metafórica dos monstros do Iluminismo e da Modernidade. Por fim, o zumbi hollywoodiano é proposto como a metáfora contemporânea do Mito do Monstro, devido a sua capacidade de expressar as angústias vividas atualmente diante de uma realidade que dificulta, ou impede que cada um defina sua própria identidade.

Palavras-chave


Mito; Metáfora; Monstro; Hollywood; Zumbi

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v5n1.212

Direitos autorais 2016 Rebeca - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual



REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia