A propósito do cinema Triângulo - um saco de pancadas exemplar

Carlos Roberto de Souza

Resumo


A partir de reflexão sobre o uso de informações colhidas em fontes primárias, o texto estuda o cinema Triângulo, de São Paulo, que funcionou de 1923 a 1929. Um breve histórico da sala e suas instalações introduz o levantamento da questão principal: o uso da música ao vivo no espetáculo cinematográfico brasileiro, a constituição das orquestras, a adequação do repertório, o uso de vitrolas nas salas. Elementos indissociáveis nas informações recolhidas, são também abordados alguns aspectos relativos ao comércio cinematográfico e à presença do cinema nas publicações periódicas da época.

Palavras-chave


Salas de exibição; Orquestras de cinema; Comércio cinematográfico; Recepção

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22475/rebeca.v3n2.129

Direitos autorais 2016 Rebeca - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual



REBECA - Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

voltar para a revista


A rebeca é uma publicação da SOCINE - Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual

conheça o site da SOCINE


Licença Creative Commons

 Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia